6 Players de música incríveis para Linux


6 Players de música incríveis para Linux

Encontrar um bom reprodutor de música para Linux pode ser um desafio, porque há muitos para escolher. Como resultado, muitos usuários de Linux geralmente se acostumam com qualquer player de música que vem junto com seu ambiente de desktop, ou pior, o padrão do sistema operacional. A realidade é que existem muitas ótimas maneiras de curtir música no Linux, você só precisa olhar um pouco! É por isso que decidimos passar por 6 tocadores de música incríveis para o Linux. Vamos discutir quais valem a pena usar, onde baixá-los e muito mais.

1. Lollypop

O Lollypop é uma ferramenta moderna de gerenciamento de músicas criada especificamente para a área de trabalho do Gnome. Seu principal objetivo é parecer moderno e bonito. O Lollypop gerencia a música de três maneiras; os usuários podem procurar músicas por meio de um navegador de capa, por gênero ou por artista. Além disso, o player Lollypop suporta um “modo de festa” que adiciona shuffle e facilita o acesso a playlists para festas. Suporta os formatos de áudio Mp3, Mp4, Flac e OGG.

Se você está procurando um tocador de música completo e “parecido com o iTunes” para o ambiente Gnome Desktop, verifique este aqui.

2. Clementine

Clementine é um clone do KDE Amarok que é talvez um dos jogadores mais “repletos de funcionalidades” em todo o Linux. Além de gerenciar músicas, o Clementine tem suporte direto para serviços de nuvem on-line, como o Spotify, o Google Play Música, o Subsonic, o GrooveShark, o Sound Cloud e até mesmo serviços como o Google Drive.


Como criar instantâneos com o BtrFS no Linux

Como criar instantâneos com o BtrFS no Linux

Deseja criar instantâneos de dados no seu PC Linux apenas para o caso de algo ser excluído? Com o sistema de arquivos BtrFS, você pode. Antes de poder criar uma captura instantânea BtrFS, primeiro você deve ter um dispositivo de bloco no Linux que esteja usando o sistema de arquivos BtrFS. Se você estiver procurando transformar uma unidade existente em uma unidade BtrFS para dados diversos, siga as instruções abaixo.

(Linux)

Neste tutorial, vamos nos concentrar no Ubuntu, já que a ferramenta de instalação é a mais simples, e mais fácil de entender quando se trata de dividir uma instalação. Dito isso, o conceito básico é facilmente repetível em muitos tipos de distribuições Linux (tanto as complexas quanto as iniciantes)

Neste tutorial, vamos nos concentrar no Ubuntu, já que a ferramenta de instalação é a mais simples, e mais fácil de entender quando se trata de dividir uma instalação. Dito isso, o conceito básico é facilmente repetível em muitos tipos de distribuições Linux (tanto as complexas quanto as iniciantes)

Observação: como os SSDs são mais rápidos, usaremos isso como / dev / sda. O disco rígido RPM deve ser /dev/sdb. Preparation Antes de instalar o Ubuntu, prepare suas unidades para o processo de instalação. Certifique-se de que todos os dados nesses dois discos rígidos sejam armazenados em backup, já que todos eles terão que ser excluídos.

(Linux)